Saturday, November 04, 2006


Esta foi a equipe que derrotou os nossos quase vizinhos 'burriens' em 1984... a verdade, é que neste Mundial 2006 também não estivemos longe de lhes 'passar a perna'...
Mas o futebol devia ser um desporto saudável, tão saudavel e tão simpático como a mascote que representou o nosso futebol em 1984.
Mas é como tudo na vida, onde há de tudo...até mesmo com a vitória, com a escolha da mascote para tal representação, a inveja foi um dos sentimentos cruéis que não ficou imune, a muitos dos concorrentes trabalhadores da imprimarte, que queriam tanto ganhar o concurso, mas o seu mérito não lhes permitia...... Em tudo na vida é preciso mérito, não só para a valorização profissional, mas para a mais importante de todas...a valorização pessoal...e de que nos adianta ganhar um cargo através de conhecimentos, ou de cunhas, se não se tem mérito para se chegar onde se queria?! No caso do autor e vencedor do Patrício, tudo o que conquistou foi com mérito, com garra, com profissionalismo, e acima e tudo com a sua grande personalidade, e vinculação da mesma!!! Não desista, não desista de nada com que possa sonhar, que o possa fazer feliz, mas faça-o com mérito!



Hoje em dia, todos nós ouvimos falar de futebol, como sendo o desporto-rei...independentemente de todas as outras modalidades desportivas que possam existir no mundo . Mas se questionar acerca da imagem aqui apresentada, 'O Patricio', ninguem me saberá dizer o que ele representou, em que ano ou até mesmo porquê.. É triste mas é verdade!

O Patrício foi a figura popular que representou o Campeonato Europeu de futebol, entre Portugal e França, no ano de 1984, em que saímos vencedores. O Patrício foi sujeito a um concurso que pedia uma figura popular. O autor do mesmo, Raul de Carvalho, apresentou 4 versões, entre eles o Lusitano, inspirado em Viriato; o Portugalito, que tinha como padrinho D. Afonso henriques; o Zé Luso, que descendia do Zé Povinho, e finalmente um novo Zé Luso, a quem pôs uma guitarra nas unhas e ao qual deu o nome de Patricio.Entre 300 trabalhos, este foi o escolhido!!

A guitarra, associada ao Fado, tradição Portuguesa,ainda hoje é um dos nossos cartões de visita no estrangeiro. Está também ligada ao emigrante, que infelizmente abunda em França. A guitarra tem um duplo simbolismo...tem implicitas as cores da nossa bandeira nacional, e representa a saudade...a saudade dos titulos conquistados, a saudade dos antigos campeões, dos troféus que brilharam em dias de glória, é a saudade dos campeonatos que passaram e de todos os que nos deixaram, mas que serão sempre recordados, tal como a homenagem que quero prestar com este blog.